Canção de Amor da Jovem Louca

7 06 2009
7/10/2007 23:04:25 alessandro: vou te contar um segredo.!
7/10/2007 23:04:34 (#) pat: conta. adoro segredos.
7/10/2007 23:05:33 alessandro: tuas fotos estão aqui do lado da minha cama,sempre.
7/10/2007 23:06:15 alessandro: o passado é muito importante pra mim
7/10/2007 23:06:48 alessandro: e tu foi,é,unica.
7/10/2007 23:07:25 alessandro: depois te explico o tão unica tu és
7/10/2007 23:07:52 alessandro: isso olhando nos teus olhos
7/10/2007 23:07:58 alessandro: tá?
7/10/2007 23:08:00 (#) pat: claro! que coisa linda que vc falou, ale. Meu deus, que maravilha isso tudo. Eu merecia, eu merecia esse momento.
7/10/2007 23:08:29 (#) pat: espero nao parecer muito piegas mas não tem jeito, sera piegas
7/10/2007 23:08:47 (#) pat: vc me fez reviver a melhor lembrança da minha vida
7/10/2007 23:09:15 (#) pat: eu sonhei com esse momento, quietinha, durante toda a minha vida
7/10/2007 23:10:43 alessandro: do rosto,agora me caem lágrimas.
7/10/2007 23:11:09 (#) pat: que lindo que vc é!
7/10/2007 23:12:17 alessandro: de saudade,felicidade e muita alegria…nostalgia …mas …é muito bom…
7/10/2007 23:16:32 alessandro: já ganhei muitas coisas,já perdi muito também, mas essas que ninguem te tira e tu também não quer perder são as melhores e mais valiosas..
7/10/2007 23:16:47 alessandro: tu é uma delas.
7/10/2007 23:17:04 (#) pat: vc tb, uma dessas coisas que ninguem me tira e nem tirará
7/10/2007 23:17:16 alessandro: ta ficando pesado ,né?
7/10/2007 23:17:31 (#) pat: muito tempo sem falar dá nisso
7/10/2007 23:17:46 alessandro: é, tempo demais…

Canção de Amor da Jovem Louca
Sylvia Plath
tradução de Maria Luíza Nogueira

Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro

Ergo as pálpebras e tudo volta a renascer

(Acho que te criei no interior da minha mente)

Saem valsando as estrelas, vermelhas e azuis,

Entra a galope a arbitrária escuridão:

Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro.

Enfeitiçaste-me, em sonhos, para a cama,

Cantaste-me para a loucura; beijaste-me para a insanidade.

(Acho que te criei no interior de minha mente)

Tomba Deus das alturas; abranda-se o fogo do inferno:

Retiram-se os serafins e os homens de Satã:

Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro.

Imaginei que voltarias como prometeste

Envelheço, porém, e esqueço-me do teu nome.

(Acho que te criei no interior de minha mente)

Deveria, em teu lugar, ter amado um falcão

Pelo menos, com a primavera, retornam com estrondo

Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro:

(Acho que te criei no interior de minha mente.

alma

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: